A arte interpretativa de Constantin Sandu desenvolveu-se sob a influência dos seus mestres romenos - Sonia Ratescu, Constantin Nitu e, posteriormente, Constantin Ionescu-Vovu no Conservatório Superior de Musica “C. Porumbescu” de Bucareste - e de várias outras individualidades marcantes - Sequeira Costa, Dimitri Bashkirov, Helena Sá e Costa e Tânia Achot. A sua distinta personalidade artística alia o rigor e o respeito pelo texto musical a uma sensibilidade poética e a uma imaginação sonora cativantes. 

Em 2006 doutorou-se em música na Universidade Nacional de Música de Bucareste, com a tese A música portuguesa para piano. 

Vive em Portugal desde 1991 e é professor de piano na Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo do Porto, atualmente também Coordenador da Área de Piano.

Constantin Sandu